Descubra como cuidar da suculenta rosinha-do-sol de forma simples e efetiva

Salvador, 18 de maio de 2022, por Janaina Brito – O cultivo de plantas, além de ser uma atividade produtiva e de lazer, muitas vezes também permite uma linda decoração para o lar. Esse é o caso da rosinha-do-sol, uma linda suculenta que produz flores fúcsias. Mas, como todas de seu grupo, ela demanda certos cuidados. Assim, como cuidar da suculenta rosinha-do-sol?

Continua depois da publicidade

De nome científico Aptenia cordifolia, essa a rosinha-do-sol é adaptada a climas quentes e se desenvolve principalmente durante o verão. Porém, ela também consegue sobreviver ao inverno, o que a torna uma planta muito versátil. As atenções para essa espécie são simples, desse modo, se você procura como cuidar da suculenta rosinha-do-sol confira agora no Agro Notícias.

Continua depois da publicidade

Leia mais: 5 plantas para decorar apartamento pequeno que exigem poucos cuidados, confira

Como cuidar da suculenta rosinha-do-sol (Fonte: PIxabay)

Cuidados com a rosinha-do-sol

Um dos primeiros cuidados necessários para essa planta diz respeito ao substrato em que se dará seu cultivo. Segundo Bruna Cezario em matéria para a revista Casa e Jardim, em 28 de outubro de 2021, a rosinha-do-sol cresce em solos arenosos e bastante férteis, de preferência ricos em matéria orgânica.

Continua depois da publicidade

Assim, é a decomposição desse material dentro do substrato que vai fornecer os nutrientes necessários para que ela se desenvolva plenamente. Logo, recomenda-se que, junto com a terra, se adicione cascas de vegetais ou frutas, que vão suprir a demanda de compostos inorgânicos enquanto a suculenta cresce.

Além disso, o solo também deve possuir um bom escoamento de água. Desse modo, vasinhos com furos no fundo são os ideais para que a rosinha-do-sol não tenha umidade em excesso no seu solo. Seguir esses cuidados durante a etapa de muda vai garantir um bom sucesso no desenvolvimento da planta.

Veja, a seguir: 5 erros fatais que você comete ao cuidar das suculentas; veja e não erre mais

Sol ou sombra?

A rosinha-do-sol pode ser cultivada tanto com grande exposição à radiação solar, quanto à meia-sombra. Contudo, quando posta em local com alta luminosidade, seu crescimento é otimizado. No caso de um cultivo mais na sombra, é importante que ela receba cerca de 3h de sol, visto que é ele que estimula seu progresso.

Outrossim, essa suculenta é típica de regiões com temperaturas elevadas. Ou seja, seu desenvolvimento é ideal para climas mais quentes. Entretanto, a preferência é de temperaturas amenas, devendo-se atentar quando o clima esfria, evitando chuvas e geadas.

Como regar a rosinha-do-sol

Assim como a maioria das suculentas, essa planta não demanda regas frequentes. Isso porque essas espécies são capazes de reter água nas folhas. Dessa forma, seu solo deve estar sempre úmido, mas não encharcado. O excesso de água pode causar a morte da rosinha-do-sol, visto que as raízes apodrecem. Ademais, ela não gosta de passar a noite com o solo molhado, ou seja, o melhor é irrigar durante as manhãs.

Portanto, não há mais desculpas para não cultivar essa linda planta. No que diz respeito a como cuidar da suculenta rosinha-do-sol, as atenções são muito simples e é muito fácil mantê-la saudável e conseguir sucesso com uma muda. Além disso, ela é perfeita para decorações internas e externas, em vasos pendurados, sempre atraindo olhares para suas flores.

Você também pode gostar: Quais plantas resistem ao frio? Espécies para cultivar no inverno

Gostou? Comenta aqui oque Achou!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você irá ler nesta matéria