Pai grava momento em que seu filho quase é atacado por cobra-rei

Um menino na Índia quase foi atacado ao tentar pegar cobra-rei, espécie mais perigosa do mundo.

O que seria para ser divertido, quase se transformou em uma tragédia.


–Continua depois da publicidade–

Pai e filho estavam passeando, como pode ser visto no vídeo compartilhado nas redes sociais, o próprio pai filma seu filho caminhando em um terreno vazio quando, de repente, ele se aproxima de uma cobra-rei, a espécie mais venenosa do mundo.

É a cobra venenosa mais longa do mundo. As cobras-rei adultas têm, em média, 3,18 a 4 m de comprimento.

Confira o Vídeo abaixo

Saiba mais sobre as cobras-rei

cobra-rei, ou cobra-real (Ophiophagus hannah) é um grande elapídeo endêmico das florestas da Índia até o sudeste da Ásia. É a cobra venenosa mais longa do mundo. As cobras-rei adultas têm, em média, 3,18 a 4 m de comprimento. O indivíduo mais longo conhecido mede 5,85 m.


–Continua depois da publicidade–

É o único membro do gênero Ophiophagus. Ele ataca principalmente outras cobras e, ocasionalmente, alguns outros vertebrados, como lagartos e roedores. É uma cobra altamente venenosa e perigosa quando agitada ou provocada, que possui uma reputação temível em sua área de alcance, embora seja tipicamente tímida e evite o confronto com humanos quando possível.

A cobra-real é um símbolo proeminente na mitologia e nas tradições folclóricas da Índia, Sri Lanka e Mianmar. É o réptil nacional da Índia. Ela está ameaçada pela destruição do habitat e foi listada como vulnerável na Lista Vermelha da IUCN desde 2010.

O bote da cobra-rei durante um resgate. Foto: reprodução.

Se você gostou deste post: Vídeo: Menino quase foi atacado por cobra-rei ; vai gostar também de ler esta notícia: Cobra branca de volta a natureza; assista ao vídeo do Rei das Serpentes

Siga-nos no Facebook e Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

PublicidadePai grava momento em que seu filho quase é atacado por cobra-rei

Gostou? Comenta aqui oque Achou!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você irá ler nesta matéria